sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012


Como conciliar estudo, faculdade e trabalho?

Por Edison Vaccari

Essa conciliação se dá pela administração eficaz do tempo utilizando uma ferramenta importante denominada quadro de horário. Muitos candidatos e estudantes nem sabem quanto tempo diário têm disponível para o estudo. E quando têm um bom tempo muitas vezes se atrapalham ao longo do dia, sem tirar o máximo da oportunidade.
Pior para aqueles que têm uma longa jornada de trabalho.
Mas para todos esses há uma notícia especial: é possível ter um estudo de qualidade, com a possibilidade de otimizar ao máximo a preparação.
Primeiro deve o aluno anotar pormenorizadamente quais são todos os seus afazeres normais do dia, semana e mês. Verificar qual o tempo necessário para cada situação e o horário que ocorre. Assim conseguirá saber quando tempo do dia, semana ou mês se compromete com essas atividades.
O segundo passo é fazer uma anotação nesses afazeres que foram selecionados, com os seguintes códigos: obrigatório fixo, obrigatório variável, não-obrigatório fixo e não-obrigatório variável. O primeiro é aquele em que o aluno não pode eliminar e nem reduzir (exemplo: jornada de trabalho do emprego atual, sem possibilidade de alteração); o segundo é aquele que não pode eliminar, mas pode reduzir (intervalo para alimentação, transporte); o terceiro pode eliminar, mas não pode reduzir (participação de curso); e o quarto é aquele em que o candidato pode eliminar e pode reduzir (academia, festa).
Com essa classificação o aluno já verifica se esses afazeres são efetivamente necessários.
Daí o candidato já sabe quando tempo tem disponível para a sua preparação e qual o horário ele se dá, sendo possível preencher a tabela do quadro de horário.
Também, e isso é muito importante e muitas vezes não observado, caberá ao aluno efetuar intervalos para descanso ao longo do horário de estudo. Pesquisas mostram que a pessoa que estuda horas seguidas não tem um bom rendimento. De forma a otimizar isso, é importante que a cada 50 minutos estudados se dê um intervalo de 10 minutos. E a cada três períodos desses, é possível intercalar um maior, que servirá para alimentação (almoço, lanche ou jantar) e até uma sesta breve. São importantes os exercícios de respiração antes do início do estudo, durante os intervalos e ao final, de forma a se ter uma boa oxigenação do organismo.
Outro ponto importante do quadro de horário e descobrir pequenos intervalos ao longo do dia (durante o transporte para o trabalho ou cursinho, em uma fila de banco, sala de espera de médico ou dentista, etc).
Esse período preparatório para os concursos depende de um apoio da família, parentes e amigos. Por isso, os horários deles também devem ser observados. Isso eu chamo de administração do tempo colaborativa. De nada adianta, por exemplo, uma pessoa com filhos chegar do trabalho e iniciar imediatamente o estudo sem dar atenção a eles. O sucesso na aprovação nada adiantará no futuro. Deve-se ter atitude de equipe. Para isso um bom início e convidar a todos para pensar em uma forma de equacionar os horários e atividades
Integra a preparação para concurso o lazer, contato com os amigos e família, outras leituras e principalmente o descanso. E todos esses itens podem ser administrados no quadro de horário.



Postar um comentário

Na Realiza Cursos tem a profissão que coloca você no mercado de trabalho!