quarta-feira, 21 de março de 2012

Futebol

Andrés Sanchez critica desempenho de Mano e diz que técnico não agrada a 'ninguém'

Do UOL, no Rio de Janeiro.

André Sanchez
Andrés Sanchez não poupou Mano Menezes ao criticar o desempenho da seleção brasileira. O diretor de seleções da CBF disse, em entrevista ao jornal Extra, que o técnico e a seleção precisam fazer "muito melhor" e que não agradam "a ninguém" no momento.
 O cartola, por causa dos resultados e da pressão popular, não conseguiu defender o treinador e foi sincero ao afirmar que não está satisfeito com o desempenho do time, assim como o próprio Mano. De acordo com Andrés, o treinador será avaliado pelo dia a dia à frente da seleção, mas também é necessário apresentar resultados. “Infelizmente, no Brasil o futebol vive de resultado. Hoje, dão uma valorização ao treinador fora do normal, como se ele fosse a salvação do mundo. O Mano erra e acerta como todas as pessoas. Ele sabe, todos nós sabemos, que é preciso fazer uma boa Olimpíada. Ganhar? Infelizmente, num detalhe você perde um campeonato. Mas tem que fazer uma coisa muito melhor do que o que foi feito até agora”, comentou o diretor.

O dirigente explica a situação de Mano, em caso de um fracasso nas Olimpíadas de Londres. “Mas não é por ser medalha de ouro, prata ou bronze que ele vai ser trocado ou não. Se for trocado, será pelo dia a dia que ele vem fazendo. Não vai ser por um campeonato”, completou.

Questionado pelo diário carioca sobre o trabalho de Mano Menezes até o momento, Andrés deu sinais de que o ex-treinador do Corinthians precisa melhorar. "A ninguém [está agradando]. Nem o Mano está ‘se agradando’. Lógico que ele sabia das dificuldades que teria em um ano e meio. Ele agora vai pôr em prática o que já viu que precisa ser feito até a Copa do Mundo”, afirmou.

Andrés, no entanto, mostra otimismo sobre o futuro da seleção brasileira. “Estou como o povo brasileiro, decepcionado com nosso futebol, mas sei que há um planejamento e a partir de agora será posto em prática o que foi combinado. Todo mundo vai ver uma seleção diferente daqui pra frente”, prometeu o cartola.

Na pré-lista de Mano Menezes para as Olimpíadas, Ronaldinho também foi assunto. Para Andrés, o jogador do Flamengo – assim como Kaká, Maicon e Adriano – terá que estar bem às vésperas da Copa-2014 para ser chamado. “Se estiverem bem faltando dois meses para a Copa, serão convocados. Mas acho que neste período que temos pela frente, passando pela Copa das Confederações até a Copa do Mundo, precisamos botar a molecada, os garotos que são titulares em seus times, para aprender a jogar com a camisa da seleção”, opinou.
Postar um comentário

Na Realiza Cursos tem a profissão que coloca você no mercado de trabalho!