segunda-feira, 26 de março de 2012

FUTEBOL


Federação Paulista proíbe acesso das torcidas organizadas Gaviões da fiel e Mancha verde aos estádios

Do UOL, em São Paulo

Mancha e Gaviões
A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou um comunicado na tarde desta segunda-feira para banir as torcidas organizadas Mancha Alviverde e Gaviões da Fiel dos estádios.

Segundo a entidade que comanda o futebol paulista, a solicitação partiu da Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), depois da briga que envolveu cerca de 500 corintianos e palmeirenses na manhã do último domingo, na zona Norte de São Paulo.

O palmeirense André Alves Lezo, 21, foi enterrado nesta segunda-feira no cemitério do Jaraguá, em São Paulo. Ele foi morto depois de levar um tiro na cabeça. A polícia afirma desconhecer o autor do disparo e investiga se a confusão foi motivada por vingança.
A proibição ocorre “até que sejam apurados os fatos e os responsáveis punidos nos termos da legislação em vigor (Estatuto do Torcedor)”, informa a nota oficial.

A assessoria da Gaviões da Fiel diz “lamentar a punição imposta à entidade sem provas, já que a Polícia Militar presenciou a briga e não prendeu os responsáveis”. A organizada corintiana afirma ainda que seus membros não estão envolvidos no caso e aguarda uma notificação da FPF, pois ainda não foram avisados do veto aos estádios.
Dirigentes da Mancha Alviverde não atendem os telefonemas.

Segundo o novo Estatuto do Torcedor, assinado em 2010 pelo ex-presidente Lula, “a torcida organizada que, em evento esportivo, promover tumulto, praticar ou incitar a violência (...) será impedida, assim como seus associados ou membros, de comparecer a eventos esportivos pelo prazo de até três anos.”

Em casos anteriores de violência, organizadas também foram barradas, mas temporariamente, e depois houve acordo para retornarem aos estádios.
Postar um comentário

Na Realiza Cursos tem a profissão que coloca você no mercado de trabalho!