quarta-feira, 2 de maio de 2012

Campanha Nacional contra a gripe começa neste sábado

Do Jornal Pequeno
Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2012,
que tem como Dia D, o próximo sábado (5)
 
Proteger é Cuidar! Esse é o Slogan da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2012, que tem como Dia D, o próximo sábado (5), em todo o país. No Maranhão a campanha é realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Ministério da Saúde (MS), Unidades Regionais de Saúde (URS) e municípios maranhenses.

O público-alvo da campanha são os idosos, gestantes, crianças de seis meses a dois anos de idade, indígenas e trabalhadores da saúde. A campanha se estende até o dia 25 de maio.

Este ano o foco é a imunização combinada, ou seja, uma única vacina contra a influenza sazonal (gripe comum) e a influenza A (H1N1). O Ministério da Saúde garante que a vacina é segura para todos. A maioria das reações adversas é leve, como dor e sensibilidade no local da injeção.

O principal objetivo da campanha é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções causadas pelo vírus da influenza na população alvo da campanha.

O Secretário Adjunto de Vigilância em Saúde, Alberto Carneiro explicou que no dia D, além dos postos fixos terá também postos volantes à disposição da população em todo o Maranhão.

Alberto Carneiro informou ainda que, no Maranhão, foram disponibilizadas 960 mil doses da vacina. A meta é vacinar pelo menos 80% do público alvo da campanha. Para o funcionamento desta operação, mais de 1.794 postos de vacinação serão disponibilizados, com o envolvimento de mais de 8 mil pessoas e a utilização de aproximadamente 800 veículos em todos os municípios maranhenses.

“Não há dificuldade para realizar a imunização, basta procurar a unidade de saúde mais próxima e apresentar o Cartão de Vacinação. Quem não tiver o cartão, poderá obtê-lo no momento da imunização. Lembrando que o cartão tem o histórico da vacinação e possibilita atualizar outras vacinas”, disse a Chefe do Departamento de Imunização da SES, Maria Helena Almeida.

Compartilhe e deixe o seu comentário!
Postar um comentário