segunda-feira, 16 de julho de 2012

"Conversa de Gente Grande" agrada mas não inova


Do Blog "De Olho Nos Detalhes"


Sendo mais um integrante do "CQC" a ganhar um programa na Band, Marcelo Tas estreou neste domingo, às 20h, o "Conversa de Gente Grande". A atração é destinada tanto para crianças quanto adultos e ampliará o leque de opções para os telespectadores, que lutam para encontrar algo 'assistível' aos domingos na televisão aberta.

Ao ver o formato do programa é praticamente impossível não se lembrar do extinto "Gente Inocente", exibido pela TV Tupi nas décadas de 60/70 e levado ao ar pela Rede Globo em 1999 e 2002, quando era apresentado por Márcio Garcia. Crianças entrevistam um convidado e Pelé participou da estreia. Dentre as perguntas, destaco "como se fazem os bebês?", onde o menino enfatizou que não colava a história da sementinha. É bom lembrar que Raul Gil (com o quadro 'Crianças Curiosas') e Moacyr Franco (com o programa 'Pequenos Brilhantes') também exploraram esse universo de crianças entrevistando famosos.

Marcelo Tas é um bom apresentador, participa ativamente interagindo com os pequenos e ainda entrevista, ou melhor, bate um papo, com alguns deles individualmente. No primeiro programa, conversou com uma menino que, dentre tantas coisas, disse
que apanhou da mãe quando vomitou na cama; também teve um papo descontraído com duas meninas que eram melhores amigas e com um casalzinho que respondia sobre os 'conflitos' entre homens e mulheres (a menina disse o que a irritava nos meninos, enfim). Há um outro quadro onde algumas crianças são colocadas em uma sala e lá acontece uma situação curiosa. Hoje, por exemplo, um carrinho de controle remoto se movia 'sozinho' e era divertido ver a reação delas, que ficaram estupefatas ao ver o brinquedo 'com vida'. Em outro momento, um homem vestido de Batman era colocado ali para ver como cada uma reagia. O quadro apesar de ser interessante não é novo, uma vez que o "Topa Tudo Por Dinheiro" (extinto programa de Silvio Santos) já exibia, na época em que fazia sucesso no SBT, quadros praticamente iguais.

Produzido pela Eyeworks do Brasil e adaptado do argentino "Agrandadytos", "Conversa de Gente Grande" está longe de ser um programa excelente, mas serve para acrescentar em um horário que peca pela falta de opções, principalmente para o público infantil. Marcelo Tas está seguro e tem experiência com crianças, pois além de apresentar um 'jornal' no canal pago Cartoon Network, também viveu tipos inesquecíveis como o Professor Tibúrcio (personagem vivido por ele no "Rá-Tim-Bum, em 1990, na TV Cultura) e o Telekid do "Castelo Rá-Tim-Bum (que dizia o bordão: 'porque sim não é resposta').

Embora nada inovador, a atração --- que dificilmente atingirá elevados índices de audiência a ponto de ameaçar a concorrência (estreou com 1,9 de média) --- consegue entreter os baixinhos, que se veem representados tendo tantos coleguinhas participando, e pode agradar os adultos sem paciência para ver "Domingão do Faustão" (Globo) ou "Domingo Espetacular" (Record).
Postar um comentário

Na Realiza Cursos tem a profissão que coloca você no mercado de trabalho!