quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Ação pede cassação do prefeito; Dr. Márcio teria usado SUS para comprar

Lauro de Freitas: Ação pede cassação do prefeito; Dr. Márcio teria usado SUS para comprar voto
Foto: Carolina Barreto/ Tudo FM
Nem bem foi empossado prefeito de Lauro de Freitas, Márcio Paiva (PP) já terá uma batalha judicial pela frente para manter-se no posto máximo do município da Região Metropolitana de Salvador. O candidato derrotado na última eleição, João Oliveira (PT), ingressou no dia 7 de janeiro com uma ação de impugnação do mandato do gestor e seu vice, Robério Franco de Carvalho, por abuso de poder político e econômico (ver aqui). Conforme a denúncia protocolada na 180ª zona eleitoral, Paiva, que é médico, teria usado o Sistema Único de Saúde (SUS) para obter votos. "O esquema arquitetado [...] consistia, basicamente, em organizar mutirões para atendimento médico aos eleitores em evento que contava com a realização de palestras gratuitas, avaliação médica farta e ilegal, distribuição de guias para consultas especializadas, exames clínicos e cirurgias a serem efetuados pela rede de saúde pública do Estado e do Município", acusa o petista no processo. O documento, assinado pelo escritório de advocacia José Souza Pires, foi recebido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) no dia 14 de janeiro, mas ainda não foi julgado.

Fonte: Bahia Notícias/por Evilásio Júnior
Postar um comentário

Na Realiza Cursos tem a profissão que coloca você no mercado de trabalho!