segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Dono de boate e vocalista de banda são detidos após incêndio no RS


A polícia deteve nesta manhã um dos donos da boate Kiss e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, segundo informações do delegado Sandro Meinerz. Elissandro Sphor, conhecido como Kiko, foi preso nesta manhã de segunda-feira (28) em um hospital de Cruz Alta. O vocalista e um responsável pela segurança do palco da banda foram detidos em Mata.
Eles tiveram o pedido de prisão temporária de cinco dias decretada pelo juiz Regis Adil Bertolin durante a madrugada desta segunda-feira. 

O vocalista do grupo que se apresentava no momento do incêndio foi detido durante o velório do gaiteiro Danilo Jaques na cidade de Mata, na Região Central. O outro proprietário da casa noturna também teve prisão temporária decretada, mas ainda não foi localizado pela polícia.
"Desde a madrugada, estávamos monitorando as casas dos donos da boate e com equipes de policiais nas ruas tentando localizá-los", disse ao G1 o delegado.

Em entrevista à Rádio Gaúcha antes da prisão de Kiko, o advogado Jader Marques disse que o dono da boate foi a Cruz Alta para submeter a um tratamento de desintoxicação e que a viagem foi informada para as autoridades. Ele também disse que seu cliente prestou todo atendimento às vítimas.
"Esta tragédia também está marcando o Kiko e toda sua família. Todas as pessoas naquela boate eram amigas dele. Ele esteve lá recebendo, atendendo e perdeu funcionários", disse o advogado.

Fonte- g1.globo.com/rs
Por- Tahiane Stochero
Postar um comentário