terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Policiais de SP são proibidos de socorrer vítimas de crimes


Extraído do G1

Uma mudança importante no atendimento policial na maior cidade do país. A partir desta terça-feira (8), os policiais de São Paulo estão proibidos de socorrer as vítimas de crimes, mesmo que estejam no local.

A determinação é da Secretaria de Segurança Pública do estado para evitar modificações nas cenas de crimes. A proibição vale para os casos em quem há confronto da polícia com suspeitos de crimes. A resolução foi publicada no Diário Oficial do estado.
Agora, as vítimas desses confrontos não poderão ser colocadas na viatura da polícia, só poderão ser socorridas pelo SAMU, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

A medida, assinada pelo secretário Fernando Grella Vieira, tem o objetivo de garantir atendimento especializado a essas vítimas, como já acontece nos acidentes de trânsito, e ainda preservar os locais de crime para a perícia. A resolução também diz que agora, os envolvidos nesses casos deverão ser apresentados, imediatamente, na delegacia para as investigações.
E ainda: o termo "resistência seguida de morte" deixa de existir. A ocorrência deve ser registrada como morte ou lesão corporal decorrente de intervenção policial.
Postar um comentário

Na Realiza Cursos tem a profissão que coloca você no mercado de trabalho!