sexta-feira, 23 de março de 2018

Você sabia que a sua imagem reflete quem é você profissionalmente?

Imagem Google

A sua imagem reflete quem é você profissionalmente? Talvez esta seja a dúvida de muita gente: Qual roupa devo usar que aparente exatamente quem eu sou profissionalmente? Afinal de contas, a nossa imagem é a primeira impressão que nossos colegas de trabalho e clientes percebem.

Então dê uma boa olhada no que está dentro do seu armário agora. Será que o que você tem representa quem você é? O que estas vestimentas dizem para os demais sobre você? São muitos especialistas afirmando que a roupa é parte fundamental para a sua imagem profissional, então a roupa ajuda na carreira de uma pessoa?

Ajuda sim porém não é a essência: Dentro do processo de autoconhecimento, a pessoa acaba definindo para qual ramo seguir dentro das suas especialidades e talentos. A partir do momento em que ela define qual e o talento dela é preciso alinhar a imagem dela com aquilo que ela vai buscar.

Em um processo de coaching é mais fácil descobrir profissionais que tem tudo para assumir um cargo de gestão, mas não adianta esta pessoa ter um talento para gerir uma empresa se a sua imagem ser a de alguém que não ocupa este cargo.

Esteja bem primeiro – a roupa vem depois

De qualquer maneira, quando o talento faz parte da essência daquela pessoa, provavelmente estará alinhada na maneira como se arruma – mas se a auto-estima estiver prejudicada e se este profissional não estiver bem consigo mesmo, fatalmente estará mal vestido.

O “mal-vestido” acontecerá somente quando a pessoa ainda não se encontrou internamente. O melhor a fazer é reerguer esta auto-estima através da descoberta de seus propósitos e aptidões para (daí sim) partir para a sua vestimenta: É algo que passa a ser natural neste caso, pois as roupas fazem parte da última etapa deste processo de autoconhecimento. Caso a pessoa defina dentro de um processo de coaching que ela precisa ir em busca de uma recolocação, será necessário se adequar à realidade.

Muitas pessoas confundem propósito de vida com um sonho, e não é tão lúdico assim. Portanto, mesmo um bom profissional precisa estar vestido de maneira adequada às suas funções:

Precisamos trazer isso para a realidade e muitas vezes a pessoa precisa mudar algumas coisas, como a roupa. Felizmente ou infelizmente a pessoa precisa mudar esta casca. Sem dúvida alguma vai facilitar a sua vida profissional desde que seja esta a última etapa de um processo de autoconhecimento.
Por Bianca Caselato - Master Coach formada em Administração de Empresas com ênfase em Comércio Exterior pela Faculdade de Estudos Sociais do Paraná- FESP. É especialista em SELF coaching, Executive Coaching e Master Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching, com certificação internacional, pela ECA – European Coaching

Association, GCC- Global Coaching Community, BCI- Behavioral Coaching Institute e IAC – International Association of Coaching. Para mais informações acesse http://biancacaselato.com.br/
Postar um comentário